Categorias
F3

TEMA: QUEBRANDO O ESPÍRITO DE INCONSTÂNCIA-0918-04

Texto Base: Tiago 1:5-8 l(Leia em sua bíblia)

Quebra-gelo: Você já começou a fazer algo e não terminou? Como se sentiu?

Introdução: Inconstância é a característica do que ou de quem é inconstante; falta de perseverança, de firmeza. A inconstância tem sido um grande mal que tem atingido a humanidade, ela não permite que experimentemos a grande beleza da perseverança. A inconstância também é a responsável de nos paralisar, nos travar. Quantos de nós começamos algo e paramos no meio do caminho? Por exemplo, quantos já se prometeram ler a bíblia toda durante o ano, e não conseguiu passar do primeiro mês. Quantos já começaram a fazer um curso, e parou pela metade. No texto lido como base, a Bíblia nos ensina que o homem inconstante não recebe nada de Deus. Nesta noite vamos aprender juntos:

04 PASSOS PARA QUEBRARMOS COM O ESPÍRITO DE INCONSTÂNCIA

1º Passo – Entender que a inconstância não é responsabilidade de Deus ou das pessoas. – Lamentações 3:39

Deus não aceita assumir responsabilidade que não é Dele. Muitos planejam seus próprios projetos, fazem uma oração egoísta, e depois culpa Deus pelo fracasso. A responsabilidade de nossa inconstância também não é das pessoas. Não adianta projetarmos a culpa dos nossos fracassos nos outros. Se nós perdemos o ânimo ou a paixão por algo, se desistimos, a culpa é só nossa.

PERGUNTA: Em sua opinião, como vencer a inconstância?

2º Passo – Baseie suas decisões no compromisso e não nos sentimentos ou desejos. – Jó 22:28

Compromisso é o que a gente tem que cumprir mesmo sem sentir vontade ou desejo. Por exemplo, não temos vontade de acordar todos os dias cedo para trabalhar ou estudar, mas acordamos porque assumimos um compromisso. Quem honra compromisso, vence a inconstância. PERGUNTA: Em sua opinião, porque tanta gente tem dificuldade de honrar compromissos?

3º Passo – Entenda que fraquezas e falhas vão acontecer em nossa caminhada. – Filipenses 1:6

Fraquezas e falhas são consequências da nossa humanidade. Não podemos ficar nos martirizando ou com um sentimento de auto piedade todas as v

ezes que falhamos. Todos nós estamos em processo de aperfeiçoamento. Sentir fraqueza ou ter falhado, não significa que Deus não conta mais com você. Levante a cabeça, chacoalhe a poeira, siga em frente. Mas não pare, não desista!!!!

PERGUNTA: Como superar nossas fraquezas e falhas?

4º Passo – Aprenda a confiar verdadeiramente em Deus. – Salmos 125:1

Não é apenas ter fé em Deus, temos que confiar totalmente no Senhor. A confiança em Deus é o grande segredo para mandarmos embora esse “espírito” de inconstância. Precisamos parar de fazer as coisas do nosso jeito, com a força do braço. Lembre-se: Deixar Deus no controle não é apenas deixa-Lo ao volante, mas também não opinar enquanto Ele dirige.

PERGUNTA: Em sua opinião, como aumentar nossa confiança em Deus?

CONCLUSÃO: A inconstância impede principalmente nosso crescimento espiritual (Efésios 4:13-14). A Bíblia nos desafia a sermos firmes e constantes (1 Coríntios 15:58). Precisamos quebrar o espírito de inconstância em nossas vidas. Vamos apender a perseverar. É tempo de romper!!! Lembre-se: Ainda estamos vivendo o ano de 2019. Este é o ano de rompermos limites!!!

Categorias
F3

TEMA: O LEGADO DE UM PAI – 0919/03

 Texto Base: Filipenses 4:9 (Leia em sua Bíblia)

Quebra-gelo: Você tem deixado um bom legado para o seu filho (biológico ou espiritual)?

Introdução: Legado é uma disposição feita em um testamento para benefício de outra pessoa, é deixar algo de valor. Ou seja, legado é uma herança deixado para alguém, que também pode ser moral ou espiritual. Hoje, vamos falar sobre a importância de deixarmos um bom legado para nossos filhos. Querendo ou não, a cada dia estamos construindo e deixando um legado para eles. No texto lido como base, Paulo estava simplesmente deixando um bom legado para os seus filhos espirituais. Nesta noite vamos meditarmos juntos, sobre:

ALGUMAS ÁREAS QUE NOSSOS FILHOS ESTÃO NOS OBSERVANDO.

1) COMO LIDAMOS COM NOSSOS CÔNJUGES. – Efésios 5:22 e 25

Nossos filhos estão observando a maneira que lhe damos com os nossos cônjuges; nossa conduta; jeito de falar; nosso tratamento. Eles estão nos observando, sem que saibamos.

PERGUNTA: Você acha que a vida conjugal de um casal influencia no comportamento dos filhos? Comente!!!

2) COMO LIDAMOS COM O NOSSO PRÓXIMO. – Mateus 22:37-39

Como lidamos com o nosso próximo? Ou somos irados? Desrespeitosos? Maledicentes? Duros? Nossos filhos estão nos observando, sem que saibamos.

PERGUNTA: Você já passou pela experiência de ver um filho presenciando um mau exemplo de um pai? Como se sentiu?

3) COMO LIDAMOS COM AS NOSSAS DIFICULDADES E ERROS. – Romanos 12:17-18

Como reagimos em tempos de crise? Somos equilibrados? Honestos? Perseverantes? E quando erramos com as pessoas? Pedimos perdão? Somos humildes? Restituímos o prejuízo? E em nossos negócios? Falamos a verdade? Não enganamos? Somos justos? Nossos filhos estão nos observando, sem que saibamos.

PERGUNTA: Você acha que devemos falar das nossas crises e erros para os nossos filhos? Comente!!!

4) COMO LIDAMOS COM AS COISAS DE DEUS. – 1 Coríntios 10:31

Como nos relacionamos com Deus? Levamos Ele a sério? Somos compromissados com Ele? Com a Igreja? Somos piedosos? Quantas vezes nossos filhos nos surpreenderam orando ou lendo a Bíblia? Nossos filhos estão nos observando, sem que saibamos.

PERGUNTA: Em sua opinião, temos deixado um bom legado espiritual para os nossos filhos?

CONCLUSÃO: Não importa se você tenha ou não recebido um bom legado de seu pai ou de sua mãe. Deus espera de cada um de nós que imitemos o bom legado que Jesus nosso Senhor deixou para nós. Que nesta noite possamos assumir um compromisso diante de Deus de sermos melhores pais, filhos, cristãos, deixando assim um bom legado para a nova geração.