Categorias
F3

TEMA: O MILAGRE DA MULTIPLICAÇÃO – 1219/01

Texto Base: Lucas 9:10-17

Quebra-gelo: Você se considera um bom administrador, ou conhece alguém?

Introdução: A multiplicação de pães e peixes foi um milagre realizado por Jesus, sendo o único milagre que foi registrado nos quatro evangelhos, talvez pela importância das revelações. Neste milagre, Jesus nos revelou princípios importantíssimos para vivermos a multiplicação em nossas vidas. Nesta noite vamos aprender juntos:

05 PRINCÍPIOS PARA VIVERMOS O MILAGRE DA MULTIPLICAÇÃO

1º Princípio: ORGANIZAÇÃO. v. 14-15

A Bíblia diz que estavam reunidos cerca de cinco mil homens, além de mulheres e crianças. Seria impossível alimentar esta multidão sem organização, por isso Jesus mandou os discípulos dividir as pessoas em grupos de cinquenta. Aplicando em nossa vida financeira, o princípio é o mesmo, não existe multiplicação sem organização, precisamos colocar a casa em ordem definindo as prioridades, necessidades e supérfluos. PERGUNTA: Em sua opinião, qual o segredo para organizar as nossas finanças?

2º Princípio: ABENÇOAR. v.16

A Bíblia diz que Jesus levantou os olhos para os céus e ABENÇOOU. Abençoar, é um dos segredos para multiplicação, em 1 Pedro 3:9b diz que: …fomos chamados para abençoar, a fim de receber bênçãos…. Por isso nunca devemos amaldiçoar salário, emprego, casa, alimentos, etc…

PERGUNTA: Leia Provérbios 18:21, e peça para o grupo comentar o que entendeu do versículo.

3º Princípio: GENEROSIDADE. v.16 – Lc. 6:38

A matemática de Deus é diferente da nossa. Geralmente o homem procura ajuntar para multiplicar, mas Deus nos ensina que é dividindo que multiplicamos. Provérbios 11:24 diz: …Um dá liberalmente, e se torna mais rico; outro retém mais do que é justo, e se empobrece.. Precisamos aprender a ser generosos e liberais.

4º Princípio: GRATIDÃO. João 6:11

Talvez você não esteja vivendo o melhor da sua vida, mas aprenda a agradecer. Nunca murmure ou pragueje. A gratidão atrai a benção, a murmuração atrai a destruição. (1 Corintios 10:10)

5º Princípio: Nunca DESPERDICE. João 6:12

Deus tem prazer na ABUNDANCIA, mas reprova o DESPERDÍCIO. Precisamos aprender a administrar. Se formos fieis no pouco, Deus nos colocará no muito. Precisamos aprender administrar as pequenas coisas, como água, energia, telefone, etc…

PERGUNTA: Em sua opinião, qual a diferença entre abundância e desperdício?

CONCLUSÃO: Estes são alguns princípios para vivermos o milagre da multiplicação. Que Deus nos dê graça e sabedoria para aplicarmos estes princípios em nossas vidas. Deus já derramou a unção da multiplicação sobre nós, agora é só tomarmos posse e aplicarmos em nossas vidas. Você recebe esta unção!!!!!

Categorias
F3

TEMA: SENDO MOLDADO PELO OLEIRO 1119/04

Texto Base: 2 Coríntios 4:7 – Jeremias 18:1-6

Quebra-gelo: Qual o tipo de vaso que você gostaria de ser nas mãos de Deus?

Introdução: O texto de 2 Coríntios 4:7 diz que somos vasos de barro. Quando um oleiro prepara o barro para fazer um vaso, ele já sabe qual a finalidade desse vaso que será feito. Com nós não é diferente, no Salmos 139, versículos 13 e 16, diz que Deus o nosso oleiro, formou o nosso interior e os teceu quando ainda estávamos no ventre de nossas mães. Fomos criados por Deus para sermos vasos de honra, levando a Glória Dele em nossos corpos, mas infelizmente muitas pessoas tem vivido como outros tipos de vasos. Nesta noite vamos aprender juntos;

03 TIPOS DE VASOS QUE NÃO AGRADA A DEUS

1) VASO RACHADO – Atos 9:4 – Filipenses 3:4-7

O Apóstolo Paulo antes de ter um encontro com Jesus, já era um homem zeloso por Deus, porém sem entendimento. Sua religiosidade vazia o levou a uma cegueira espiritual tão séria, que ele se tornou um perseguidor da Igreja. Paulo era um vaso, porém rachado pela intolerância religiosa e ódio pela igreja, mas quando Ele teve um verdadeiro encontro com Jesus se tornou em um vaso escolhido para Glória de Deus (Atos 9:15).

PERGUNTA: Em sua opinião, quais as atitudes que diferenciam uma pessoa religiosa (vaso rachado) de uma pessoa espiritual (vaso de honra)?

2) VASO DE BARRO DURO – Daniel 4:33

O barro duro, fala da dificuldade de se deixar ser moldado. Na vida do rei Nabucodonosor encontramos esse tipo de barro, um vaso duro que Deus teve que levar para o campo e molhar com o orvalho do céu para o quebrantar. O orgulho e soberba de Nabucodonosor fez com que ele se tornasse como um animal, se alimentando de capim. Que nessa noite possamos pedir para o Espírito Santo nos quebrantar e tirar todo o orgulho e soberba que tem endurecido o nosso coração. PERGUNTA: Em sua opinião, o que mais tem endurecido o coração do homem nos últimos tempos?

3) VASO SUJO – Lucas 19:5

Zaqueu é a figura de um vaso sujo, um Judeu que fazia parte do povo de Deus, porém havia se sujado com o pecado da corrupção e ganância, mas no v.10 diz que Jesus veio buscar os que se havia perdido, e Zaqueu estava perdido no lamaçal do pecado. Jesus continua procurando vasos para limpar com Seu Sangue, que nessa noite Ele possa remover toda sujeira de nossos corações.

PERGUNTA: Comente um pecado que na sua opinião, mas tem sujado o coração do cristão.

CONCLUSÃO: Em 2 Timóteo 2:20 está escrito que numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. Oremos para que nessa noite possamos ser encontrados por Deus como vasos de honra para sermos usados pelo nosso amado oleiro Jesus!!!!

Categorias
F3

TEMA: NÃO ABANDONE A ARCA – 1119/03

Texto Base: Gênesis 6:5-8, 14, 17-18 – Mateus 26:28

Quebra-gelo: Em sua opinião, o que leva uma pessoa abandonar a Arca (Igreja)?

Introdução: No texto lido de Gênesis, diz que nos dias de Noé a maldade e a corrupção havia se multiplicou sobre a face da terra, então nos v. 06 e 07 diz que Deus se arrependeu (entristeceu) de ter criado o homem e intentou em destruí-lo da face da terra. Mas no v.08 diz que Deus acha graça em Noé. Por fim nos v.17 e 18 Deus faz a primeira aliança com os homens e providência uma Arca para salvar Noé e sua família. APLICAÇÃO PARA A IGREJA: Deus também estabeleceu conosco uma Aliança através de Cristo Jesus conforme Mateus 26:28. Jesus se tornou o elo da nossa Aliança com Deus, preparando também para nós uma Arca que é a IGREJA. A igreja local é o nosso lugar de segurança, a nossa CIDADE DE REFÚGIO. Nesta noite vamos aprender juntos:

04 VERDADES SOBRE A ARCA DE NOÉ QUE SE APLICA A IGREJA

1ª Verdade: Dentro da arca havia problemas e conflitos para Noé superar.

Eram 8 pessoas dividindo espaço, alimento e tarefa dentro dessa arca por 150 dias, com certeza havia conflitos dentro da arca. Isso também acontece hoje na igreja local, somos uma família. Ás vezes há desentendimento, hipocrisia, fingimento e confusão, mas não devemos confundir as “atitudes” dos irmãos com sua “identidade” em Cristo. Somos uma família e precisamos superar esses conflitos. PERGUNTA: Em sua opinião, como superar os conflitos na igreja?

2ª Verdade: – Só dentro da Arca, Noé poderia preservar sua vida e de sua família. – Apocalipse 1:12-13,20

Fora da Arca só havia destruição e desespero. Hoje não é diferente, só dentro da Igreja que podemos verdadeiramente encontrar salvação para nossa família. O Senhor é onipresente, Ele está em todos os lugares. Mas é no meio das igrejas que Jesus continua se manifestando, salvando e nos preservando do mal.

3ª Verdade: Dentro da Arca Noé teve que dividir o espaço com animais até o fim do dilúvio. – Atos 20:29 – Tiago 4:11,12

Dentro da Arca Noé e sua família teve que dividir o espaço com animais até o fim do dilúvio. Com nós não é diferente, muitas pessoas entram e ficam na igreja com atitudes estranhas, mas precisamos aprender a amar e suportar essas pessoas até o fim. Na parábola do Trigo e Joio Jesus disse:….deixai crescer ambos juntos até a colheita… Não é nosso dever julgar quem é joio e quem é trigo, nosso dever é amar.

4ª Verdade: Só dentro da Arca estamos livres das tempestades destruidoras. Mateus 7:24-27

Fora da Arca tinha vento, trovões e tempestade, mas Noé estava salvo. Todos os dias nós também temos que enfrentar tempestades, são lutas e adversidades que passamos nessa vida, mas quando estamos dentro da arca com Jesus superamos todas elas.

PERGUNTA: Deixe sua opinião sobre a importância da Igreja em sua vida?

CONCLUSÃO: ► A Igreja é a nossa arca, nossa cidade de refúgio. Por isso não abandone a arca. Lembre-se que Jesus está conosco nessa Arca chamada Igreja, por isso temos a promessa que as portas do inferno não prevalecerão contra ela!!!

Categorias
F3

TEMA: O AGIR DE DEUS – 1119/02

Texto Base: Isaías 43.13 – Marcos 10.51-52 – Mateus 9.27-30 – Marcos 8.22-25- João 9.1-7

Quebra-gelo: Você acha que é possível limitarmos o agir de Deus em nossas vidas?

Introdução: No texto de Isaías 43:13 Deus se posiciona dizendo: Agindo Eu, quem impedirá? Jamais entenderemos o modo de Deus agir, porém um dos nossos maiores erros é limitar Deus quanto à maneira D’Ele agir. Aprendemos com os textos lidos que Jesus curou quatro cegos de maneira diferente, isto indica que Deus age de maneira diferente em cada vida, nesta noite vamos aprender juntos:

04 LIÇÕES SOBRE A MANEIRA DE DEUS AGIR

1ª LIÇÃO – DEUS AGE DE FORMA DIFERENTE EM CADA PESSOA. – Efésios 3:10

Jesus curou os cegos de forma diferente. Nunca devemos esperar que Deus opere em nossa vida, igualzinho Ele operou na vida do nosso irmão. Efésios 3:10 fala da multiforme sabedoria de Deus. Deus continua AGINDO de forma diferente na vida das pessoas, por isso não podemos limitar o mover de Deus em nossas vidas.

2ª LIÇÃO – EXISTE O TEMPO CERTO DE DEUS AGIR EM NOSSAS VIDAS. – Eclesiastes 3.1

Aprendemos nos textos lidos que um dos cegos que Jesus curou era de nascença, outro não. Deus tem o tempo certo para operar em nossas vidas. Deus não se adianta pra atender a nossa pressa.

3ª LIÇÃO – HÁ PESSOAS PRECISA APENAS UMA PALAVRA, OUTRAS NECESSITAM DE UM TOQUE. – Mateus 9.27-30

Tem pessoas que com uma única Palavra liberada já recebe o Milagre. Foi o caso do cego Bartimeu. …vai, a tua fé te salvou… Outras precisam de um toque físico, como foi o caso dois cegos de Mateus 9.27-30, onde Jesus teve que tocar. É importante entendermos que Deus opera tanto através de Sua Palavra como também Ele pode usar algo para tocar uma pessoa, recebemos as bênçãos de acordo com a nossa fé.

PERGUNTALeia Atos 19.11-12 – Em sua opinião, Deus AGE através de lenços, roupas e objetos ainda hoje?

4ª LIÇÃO – HÁ PESSOAS QUE DEUS AGE “POR ETAPAS”. Marcos 8.22-25

No texto lido de Marcos 8.22-25, Jesus empoe as mãos e o cego vê parcialmente, depois Jesus torna por as mãos nos seus olhos e ele fica curado. Os Salmos 103:4 diz que Deus conhece nossa estrutura. Quase sempre as bênçãos que Deus derrama em nossas vidas são por etapas.

PERGUNTA: Em sua opinião, porque ás vezes Deus age por etapas em nossas vidas?

CONCLUSÃO: Em Filipenses 2.13 diz que é Deus quem opera em nós tanto o querer como o efetuar. Jesus operou milagres na vida de muitas pessoas, e com certeza Ele tem muitos milagres para nós também, mas para recebermos precisamos crer, esperar e não limitar o poder de Deus sobre nós.

Categorias
F3

TEMA: MORRER PARA VIVER – 1119-01

Texto Base: João 15:8 – João 12:24 (leia em sua bíblia)

Quebra-gelo: Você já ouviu a frase: Morrer para viver. O que isso significa para você?

Introdução: No texto lido como base, Jesus nos ensinou que a maneira de Glorificar a Deus através de nossas vidas é dando muito fruto, só assim nos tornamos verdadeiramente discípulos de Jesus. Dar fruto implica em reproduz à vida de Jesus em nós e também em outras pessoas. Agora a pergunta é: Como ser um cristão frutífero? Como reproduzir a vida de Jesus em nós e nos outros? A resposta que Jesus nos deixou para essa pergunta em João 12:24 é morrendo, Ele nos ensinou que assim como o grão de trigo tem que morrer para dar muito fruto, nós como cristãos também precisamos morrer para vivamos verdadeiramente a vida de Deus. Nesta noite vamos aprender juntos:

TRÊS ÁREAS QUE PRECISAMOS MORRER PARA REPRODUZIR A VIDA DE JESUS.

1) MORRER para o “Eu” – Gálatas 2:20 – 2 Coríntios 5:14,15

O “Eu” fala do homem interior, de quem realmente somos. Morrer para o “Eu”, é crucificar a velha criatura. Uma pessoa que crucificou o “Eu”, destruiu o altar da reputação, não mais se preocupa com fama, elogios, críticas e aceitação pessoal. Quando crucificamos o nosso “Eu”, nossos sonhos, planos, desejos, conquistas pessoais, não são mais prioridade. Quando falamos para nós mesmo: – Não aquento mais ser cristão!!! – Sabe de uma coisa, vou viver minha vida!!! – Já cansei de abrir mão de tantas coisas pela igreja, por Jesus, pelas pessoas que não valorizam!!! Quando isso acontece, ou nosso “Eu” quer ressuscitar ou nunca morreu.

Pergunta: Em sua opinião, como conseguimos crucificar o nosso “Eu”?

2) MORRER PARA A CARNE – Gálatas 5:24 – Romanos 7:18

Em Romanos 8:8 diz que os que estão na carne não podem agradar a Deus. Carne, fala do nosso corpo. É a parte que não se converte. Quando recebemos Jesus, morremos para a carne. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne. Se estamos vivos para a carne, então continuamos mortos para Cristo. Por isso a Bíblia nos ensina a lutar diariamente contra os desejos da carne.

Pergunta: Peça para o grupo ler Gálatas 5:16-21 e comentar sobre o texto.

1) Crucificar o MUNDO – Gálatas 6:14 – 1 João 2:15-17

Crucificar o mundo é dizer NÃO para os seus prazeres e encantos. É impossível agradar a Deus sendo amigo do mundo, aliás, amar o mundo é atestar que a carne e o “Eu” ainda estão vivos. Em Tiago 4:4 está escrito: …Adúlteros, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus…. Ou seja, é impossível ser amigo do mundo e amigo de Deus ao mesmo tempo.

Pergunta: Em sua opinião, como resistir as tentações deste mundo?

CONCLUSÃO: É só morrendo que podemos ter uma vida frutífera. A verdade é que não existe vida antes da morte. Precisamos decidir morrer para o “Eu”, para a carne, para o mundo. E esse processo tem que ser diário. Em Lucas 9:23 está escrito: …Jesus dizia a todos: Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me…. Você está disposto a morrer para viver?

Categorias
F3

TEMA: SUPERANDO AS TEMPESTADES – 1019/05

Texto: Mateus 14:22-33 (Leia na Bíblia)

Quebra-gelo: Em sua opinião, como superar uma tempestade (luta, adversidade)?

Introdução: Superar é transpor, ser superior. Na tipologia bíblica, “tempestade” representa luta, adversidade, tribulação. que sempre teremos que superar adversidades em nossas vidas. A cada tempestade é um novo desafio que enfrentamos. Geralmente a tempestade vem quando menos esperamos. De repente uma má noticia; uma enfermidade; uma perda; uma crise na família; uma crise financeira. Não devemos viver esperando tempestades em nossas vidas, mas precisamos aprender como lidar quando elas chegam. Nesta noite vamos aprender juntos:

COMO SUPERAR AS TEMPESTADES?

1) CONTINUE CONFIANDO EM DEUS – Mateus 14:22

Os discípulos estavam atravessando o mar em obediência à Palavra de Cristo, mas mesmo assim tiveram que enfrentar uma tempestade. Precisamos entender que as tempestades fazem parte da vida, elas são necessárias para o nosso crescimento espiritual. Através delas aprendemos a confiar mais em Deus.

PERGUNTA: Em sua opinião, o que fazer para aprofundar nossa confiança em Deus?

2º) NÃO PODEMOS NOS DESESPERAR – Mateus 14:24-26

Os discípulos ficaram tão desesperados com a tempestade, ao ponto de achar que Jesus era um fantasma. Quando enfrentamos uma adversidade temos que manter a calma. O desespero, a angustia, rouba a nossa confiança em Deus, e nos leva a tomar decisões precipitadas e erradas.

PERGUNTA: Como manter a calma quando chega a tempestade?

3º) ENTREGUE O CONTROLE DA SITUAÇÃO A DEUS, NÃO OLHE AS CIRCUSTÂNCIAS– Mateus 14:27-30

O texto diz que Pedro sentindo o vento forte, teve medo e começou a afundar. Nunca podemos deixar que as circunstâncias nos façam tirar os olhos de Jesus. Se estamos caminhando alinhados com a Palavra de Deus, não precisamos temer, Deus está no controle. Nunca fique observando o que o diabo quer fazer, observe o que Deus já fez e está fazendo.

PERGUNTA: Com suas palavras, fale sobre um benefício que recebemos quando realmente entregamos nossas adversidades a Deus?

4º) APRENDA A DEPENDER DE DEUS – Mateus 14:31-32 – Isaías 43:2 – Salmos 116:8

O v.31 diz que quando Pedro estava afundando, imediatamente Jesus estendeu a mão e segurou-o. Enquanto confiarmos e dependermos de Jesus, Ele nunca nos deixará afundar. Tudo que precisamos é aprender a depender somente Dele e não confiar na força dos nossos braços.

PERGUNTA: Em sua opinião, o que é realmente depender de Deus?

Conclusão: Se nesta noite você chegou aqui enfrentando tempestades em sua vida, Jesus quer estender Suas mãos para você. Confia Nele, não se desespere, entregue o controle a Ele, ouça o que Ele diz e obedeça. Ponha em prática o que você aprendeu nesta noite e com certeza Jesus vai acalmar a tempestade de sua vida!!!

Categorias
F3

TEMA: A HISTÓRIA DE MEFIBOSETE 1019/04

Texto Base: 2 Samuel 9:1-7, 13 (Leia e sua Bíblia)

Quebra-gelo: Qual a maior lição que você aprendeu com a mensagem do culto de domingo?

Introdução: O Espírito Santo inspirou o autor do Livro de Samuel para escrever um capítulo inteiro sobre Mefibosete. Quem foi Mefibosete? Mefibosete era filho de Jonatas, neto do Rei Saul. Em 2 Samuel 4:4 somos informados que quando ele tinha 5 anos de idade, sua “Ama” recebeu a notícia da morte de Jonatas e Saul, e em sua tentativa de fugir, deixou Mefibosete cair ficando ele coxo de ambos os pés. A pergunta é: O que tudo isso tem a ver comigo? Em Colossenses 2:17 e Hebreus 10:1, diz que tanto a Lei de Moisés como os eventos do antigo testamento são “sombras” das coisas futuras. A realidade, porém, encontra-se em Cristo. No texto lido, nós temos algumas “sombras”. Davi representa o próprio Deus. Jonatas representa Cristo Jesus. Mefibosete representa cada um de nós. Nesta noite vamos aprender juntos:

ALGUNS PONTOS QUE NOS IDENTIFICA COM A HISTÓRIA DE MEFIBOSETE

1) MEFIBOSETE FOI ABENÇOADO PELA BONDADE DO REI – 1 Samuel 9:1

Mefibosete não foi abençoado pelo rei Davi porque merecia, mas sim pela bondade do Rei. Um dia Deus também nos viu entre a humanidade e resolveu nos abençoar. Não foi porque nós merecíamos, mas sim por causa de Sua bondade. PERGUNTA: Leia Tito 3:4-5 e peça para o grupo fazer um comentário sobre o texto.

2) MEFIBOSETE ERA ALEIJADO DE AMBOS OS PÉS – 1 Samuel 9:2-3 – Efésios 2:11-12

Assim como Mefibosete era filho de um Príncipe, porém estava aleijado e desamparado, nós também fomos criados pelo próprio Deus (Rei do Universo), mas estávamos aleijados espiritualmente e desamparado nesse mundo. Nós estávamos como Mefibosete, sem esperança e fadado a passar a eternidade longe de Deus, mas a bondade do nosso Rei Jesus nos trouxe para perto Dele.

PERGUNTA: Compartilhe com o grupo um pouco da sua experiência de conversão?

3) MEFIBOSETE MORAVA EM LO-DEBAR – 1 Samuel 9:4-5 – Colossenses 1:13

Lo-Debar é uma palavra de origem hebraica que quer dizer: Sem pasto. O sinônimo de Lo-Debar é medo, terror, desprezo, pobreza, miséria, terra do esquecimento. A aplicação disso, é que assim como Mefibosete, outrora nós também estávamos em Lo-Debar, nas trevas. (Sem esperança, no esquecimento, na miséria espiritual). Mas Jesus nos transportou para o Seu Reino. PERGUNTA: Em sua opinião, qual o segredo para não voltarmos para Lo-debar (mundo)?

4) MEFIBOSETE RECEBEU RESTITUIÇÃO E UM LUGAR DE HONRA JUNTO AO REI – 1 Samuel 9:6-7 – Joel 2:25-26

Assim como Mefibosete recebeu a restituição de tudo aquilo que havia perdido em Lo-debar, recebendo também um lugar de honra junto ao rei, Deus quer restituir tudo aquilo que perdemos em Lo-debar (mundo). A pureza; a família; a honra; o respeito; nossa identidade espiritual; bens matérias; e o mais importante: Deus quer restituir um lugar em Sua Presença continuamente.

PERGUNTA: Compartilhe com o grupo uma benção espiritual emocional ou material que Deus restituiu a você?

CONCLUSÃO: Tudo que Mefibosete recebeu não por mérito próprio, mas sim por causa da bondade do Rei e da Aliança que Davi tinha com Jonatas. Assim é conosco, somos abençoados, mas não tem nada a ver com nós, tem tudo a ver com Jesus, com Sua bondade, com a Aliança feita com o Pai na cruz do calvário.

Categorias
F3

TEMA: PRINCÍPIOS PARA UMA VIDA PROSPERA 1018-03

Texto Base: Salmos 35:27 (leia em sua Bíblia)

Quebra-gelo: Em sua opinião, o que é ser prospero?

Introdução: O texto lido como base deixa muito claro que Deus tem prazer na prosperidade dos seus servos. A prosperidade é uma dádiva de Deus para os seus filhos. Quando falamos sobre prosperidade à luz da Bíblia, precisamos entender duas coisas; 1º) Prosperidade não é o mero acumulo de dinheiro e bens, prosperidade é não ter falta de nada; 2º) Deus tem prazer em prosperar seus filhos, porém a prosperidade é alcançada através de princípios. Nesta noite vamos aprender juntos:

03 PRINCÍPIOS BÍBLICOS PARA UMA VIDA DE PROSPERIDADE

1º PRINCÍPIO – OBEDIÊNCIA A PALAVRA DE DEUS. Deuteronômio 28:1/2

Sem dúvida a obediência é chave para prosperidade. A obediência que nos abençoa não é a parcial e sim a obediência completa. Dentro do campo da obediência existem dois princípios bíblicos para prosperidade que não podemos negligenciar. DÍZIMOS (Ml 3:7/12 – Pv 3:9/10) e OFERTAS (2Co 9:6/11 – Lc 6:38). A obediência a esses dois princípios bíblicos, sem dúvida vai decidir a nossa prosperidade.

PERGUNTA: Qual a sua opinião em relação a dízimos e ofertas?

2º PRINCÍPIO – Não gaste dinheiro em bens supérfluos. Tiago 4:3

Ser um dizimista e ofertante fiel, mas também ser um consumista compulsivo não adianta. Muitos são abençoados por Deus, mas não conseguem administrar suas finanças. Em Isaias 55:2 está escrito: …por que gastar dinheiro naquilo que não é pão, e o seu trabalho árduo naquilo que não satisfaz?… Já o texto de Tiago 4:3, diz que muitos não recebem, porque pedem mal, para esbanjarem em seus prazeres. Precisamos aprender a consultar a Deus antes de efetuar as nossas compras. PERGUNTA: Em sua opinião, como vencer consumo compulsivo?

3º PRINCÍPIO – NUNCA DESPERDICE. João 6:12

Deus é um Deus de abundância, mas não de desperdício. O texto lido nos ensina, que depois de Jesus ter multiplicado os pães e peixes, Ele pediu para os discípulos recolherem os pedaços que sobraram, para que nada fosse desperdiçado. Da mesma forma precisamos aprender administrar o que Deus coloca em nossas mãos.

PERGUNTA: Em sua opinião, como família, como evitar o desperdício?

Conclusão: Vamos concluir este estudo declarando juntos algumas frases poderosas: REPITA!!!

►Ninguém supera Deus no dar.

►Nada deixará o céu, sem que antes algo deixe a terra.

►A semente que sai da sua mão, ela nunca vai sair da sua vida, ela vai para o seu futuro, realizando o seu propósito.

Tome posse da unção de prosperidade e de conquista que já esta sobre a sua vida. Amém!!!!

Categorias
F3

TEMA: PESSOAS QUE DESAGRADAM A DEUS – 1018-02

Texto Base: Efésios 5:8-10 (Leia em sua Bíblia))

Quebra-gelo: Como saber o que desagrada a Deus?

Introdução: Embora Deus seja Soberano, Ele nos concedeu o poder de escolha. E dentre as escolhas que fazemos e as atitudes que tomamos, estão aquelas que agradam e desagradam a Deus. O texto lido como base fala da necessidade de vivermos uma vida que agrade ao Senhor. Nesta noite vamos aprender juntos:

 

04 TIPOS DE PESSOAS QUE DESAGRADAM A DEUS.

 

1º Tipo de pessoa: PESSOA “DODÓI” (que se ofende fácil) – Mateus 15:25-16 – Provérbios 12:16

Tão pecado quanto ofender alguém é viver ofendido com as pessoas. Muitos cristãos por falta de maturidade espiritual vivem ofendidos na igreja, família e sociedade. A mulher cananeia do texto lido de Mateus recebeu uma palavra dura de Jesus, mas ela não se ofendeu e consequentemente recebeu o milagre que precisava. Como cristãos, precisamos ter a pele dura e o coração mole, o texto de provérbios diz: mas o homem prudente ignora a ofensa.

PERGUNTA: Em sua opinião, qual o segredo para termos a pele dura e o coração mole?

2º Tipo de pessoa: Pessoa Critica – Efésios 4:29 – 2 Samuel 6:20,23

Existem críticas construtivas que são passadas com amor e carinho com o fim de abençoar as pessoas. Mas o texto lido de Efésios fala de críticas que não podem sair de nossa boca, são palavras destrutivas que não edificam. O texto de 2 Samuel fala de Mical, esposa de Davi, que por critica-lo severamente ficou estéril pelo resto de sua vida. PERGUNTA: Qual a sua opinião em relação a crítica destrutiva e construtiva? Existe mesmo diferença?

3ª Tipo de pessoa: Pessoa que vive condenando – João 8:3-11 – João 12:47

Pessoas que tem prazer em julgar e condenar seu próximo certamente não agradam a Deus. Conforme lemos nos textos do evangelho de João, Jesus não veio julgar o mundo e sim salvá-lo. É sempre bom lembrarmos que com a mesma medida que julgamos as pessoas seremos julgados. (Mateus 7:1-2)

PERGUNTA: Em sua opinião, como corrigir e ajudar uma pessoa sem condená-la?

4ª Tipo de pessoa: Pessoas que vivem reclamando – 1 Tessalonicenses 5:18 – Números 14:2 e 28,29

Aprendemos nas escrituras que a murmuração desagrada o coração de Deus. A Bíblia nos ensina que em tudo devemos dar Graças a Deus porque Ele está no controle da vida de seus filhos. O povo de Israel murmurou contra Deus dizendo que seria melhor morrer no deserto do que guerrear para herdar a terra prometida, e foi justamente isso que aconteceu, a murmuração atrai a maldição.

PERGUNTA: Como vencer a murmuração?

CONCLUSÃO: Em João 15:5 Jesus disse que Ele é a videira e nós somos os ramos e sem Ele não podemos fazer nada. A única maneira de produzirmos frutos que agrade a Deus é estando conectados na videira chamada Jesus. Nesta noite, com a ajuda do Espírito Santo, vamos decidir viver para agradar a Deus!!!

Categorias
F3

TEMA: VALORIZANDO O QUE É MAIS IMPORTANTE 1019-01

Texto Base: Lucas 10:20 (leia em sua Bíblia)

Quebra-gelo: O que é mais importante para você nessa vida?

Introdução: A maior benção que Jesus conquistou para nós com Sua morte e ressurreição, não foi sucesso financeiro, profissional, realização de sonhos, e por incrível que pareça, também não foi a restauração da família. Tudo isso é um presente de Deus para nossa vida, mas não é o fim objetivo de Sua morte. A maior benção que Jesus conquistou para nós foi a vida eterna. Por isso, sem dúvida o maior milagre que alguém pode receber de Deus, é o novo nascimento, ter a certeza de sua salvação. Infelizmente muitas pessoas estão dentro da igreja desfrutando das bênçãos terrenas, mas despreparados para a eternidade, e isso tem acontecido porque muitos tem perdido a visão e a fé na eternidade. No texto lido, os discípulos de Jesus estavam felizes pelos demônios se sujeitarem a eles, mas Jesus disse que eles deveriam se alegrar, por seus nomes estarem escrito no livro da vida. Isto é o mais importante. Nesta noite vamos aprender juntos:

PORQUE TEMOS QUE VALORIZAR A NOSSA SALVAÇÃO.

1) PORQUE APÓS A MORTE NÃO TEREMOS OUTRA OPORTUNIDADE PARA SE RECONCILIAR COM DEUS.                Lucas 16:26 – Hebreus 9:27

Ninguém terá outra oportunidade de se reconciliar com Deus após a morte, por isso é que devemos levar nossa vida espiritual a sério. O texto de Lucas 16:26 deixa bem claro que a nossa eternidade é decida nesta vida. Aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo.

PERGUNTA: Você acha que os cristãos de hoje têm se preocupado com a eternidade como deveriam?

2) PORQUE O INFERNO É REAL E A ALMA DO HOMEM CONTINUA VIVA ETERNAMENTE. Mateus 25:46 – Marcos 9:43,44 – Lucas 16:24

Embora algumas religiões e seitas ensinam que não existe inferno e que as almas pecadoras serão eliminadas depois do julgamento, a Bíblia refuta em várias passagens esses ensinos. Tanto nos textos que lemos, como em muitos outros, a Bíblia deixa claro que o inferno é literal e que as pessoas que rejeitam a Cristo viveram eternamente separados de Deus. Em Genesis 2:7 diz que Deus soprou em nossas narinas o fôlego da vida e em Eclesiastes 3:11 diz que também pôs no coração do homem ideia da eternidade.

PERGUNTA: Qual a sua opinião em relação ao inferno? Em sua opinião, porque muitas pessoas não creem neste lugar?

3) PORQUE HÁ CONSCIÊNCIA (memória) NA ETERNIDADE. Lucas 16:27,28 – Apocalipse 20:12

O texto deixa claro que o rico mesmo em estado de condenação, lembrava de Lázaro e de seus irmãos que tinham ficado na terra. O texto lido de Apocalipse diz que o homem será julgado por aquilo que está escrito no livro, e por suas obras. São provas claras de que na eternidade a consciência e preservada na eternidade.

PERGUNTA: Qual a sua conclusão em relação ao estudo abordado nesta noite?

CONCLUSÃO: A Bíblia deixa claro que o inferno não foi feito para o homem, (Mateus 25:41) Deus não tem prazer na morte do ímpio. (Ezequiel 33:11ª) Ele deseja que todos se salvem. (1 Timóteo 2:3,4) Em João 3:19 está escrito: A condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Que nesta noite possamos refletir juntos sobre o que realmente é mais importante para nós!!!